Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

RESUMO DA SEMANA 23 A 27/10/17

Confirmando a linha de tendência as bolsas operaram em alta volatilidade, mantendo-se próximas dos níveis registrados na semana anterior.

O mercado esteve bastante movimentado, variando dentro da faixa prevista, considerada até então como limitante de níveis. Logo no início do período, NY ice dec17, trabalhou sob forte pressão vendedora dos fundos de investimentos, chegando a mínima de us$2,064. Logo na sessão seguinte, obteve a máxima de us$2,134 / ton. Alguns analistas consideram que esses movimentos técnicos cadenciados, corroboram lentamente para quebrar a resistência de us$2,150 /ton.

A dólar obteve forte valorização frente ao real, chegando na semana a r$3,30. Fatos associados a previsão da não aprovação das reformas, prometidas pelo governo temer e a divulgação do presidente Donald Trump de elevar o PIB dos EUA em mais 10%, foram os principais causadores da puxada expressiva do câmbio. Comenta-se que os níveis deverão reduzir-se gradativamente a partir da próxima semana, podendo ajustar-se próximo dos praticados anteriormente.

Durante a semana um grande chocolateiro divulgou uma taxa de crescimento nas vendas de 5% nos EUA, em relação ao mesmo período do ano anterior. A elevação dos volumes, foi aferida em grandes redes de varejo americano. Fatos como esses, são determinantes para ampliar os indicies nas bolsas.  

No continente africano, muita especulação em torno de que, a podridão parda poderia estar provocando baixas expressivas nos números previstos para safra corrente. Segundo informações, trata-se apenas de pequenos vestígios, irrelevantes para comprometer a produção. Ainda que distante do encerramento, comenta-se que a safra atual dos maiores países produtores do mundo, deverá apresentar volumes inferiores aos verificados na ultima temporada.

No Brasil, a venda de fertilizantes para o cultivo do cacau, deverá registrar uma baixa de mais de 50%, relacionada com a média dos últimos três anos. Segundo especialistas, a redução das vendas está diretamente ligada a redução drástica da produção, além da queda relevante registrada no preço do cacau pagos ao produtor.

O clima mantém-se estável. Segundo a meteorologia, chuvas em grandes volumes estão previstas para cair no sul da Bahia, nas próximas semanas. Segundo o site Climatempo até o dia 05/11, poderemos ver precipitações acima de 80mm.

Os preços pagos durante a semana ao produtor na Bahia, estiveram entre R$108,00 / R$115,00

Informações: mercadodocacau.com

Deixe seu Comentário em RESUMO DA SEMANA 23 A 27/10/17:

Sua participação é muito importante para nós!

Análises de Mercado Relacionadas

  • 17 NOV

Dentro de um novo momento, NY reage as compras especulativas e perde força para manter níveis acima de us$2,200/ ton.  Ainda...

  • 10 NOV

Crescem as perspectivas de elevação do consumo mundial de cacau e as bolsas alcançaram níveis altistas, acima do esperado. Apresentando...

  • 05 NOV

Nem mesmo os fundamentos firmes da elevação do consumo mundial e os alertas de prováveis problemas na safra africana, conseguiram...

  • 20 OUT

Em semana agitada o mercado se eleva e continua mantendo as perspectivas positivas de tendência. NY Dez, oscilou de uma...

Últimas Atualizações

Últimas Atualizações

Destaques

Destaques