Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

RESUMO DA SEMANA DE 08 a 12/01/18

Previsões positivas de elevação do consumo poderão potencializam as bolsas e mercado deve gerar ganhos nos próximos dias.

Grandes expectativas giram em torno da divulgação oficial das moagens do ultimo trimestre no mundo. Durante a semana muitas especulações circularam sobre esses números. Segundo fontes de mercado a europa ampliou o processamento de cacau em amêndoas em mais de 3,8% no período, relacionado ao mesmo período de 2016. Esse indicie pode ser considerado  o maior registrado nos últimos oito anos. Na Malásia foi divulgado hoje por integrantes da Malaysian Cocoa Board e Cocoa Manufacturers Group o crescimento de 3,7% no ultimo quarto, comparado a 2016.  Em 12 meses mostrou uma elevação ainda mais expressiva de 7,5%.  No país concentram-se as principais moageiras localizadas no continente asiático.

Analistas comentam que a queda significativa dos preços de cacau no mercado internacional, motivaram os grandes grupos a investir pesado na compra da matéria prima. Diante dessas condições, o combinado de manteiga e pó de cacau promove margens excepcionais para as indústrias processadoras. Afirmam também, que os lucros adquiridos são as maiores dos últimos 10 anos. Diferente do que ocorre no mundo afora, no Brasil às moageiras não conseguem realizar ganhos tão expressivos, visto os preços internos serem formados com prêmios sobre NY muito acima dos praticados em outros países produtores de amêndoas no mundo, porém, todas fazem parte de estruturas globalizadas. Os mais respeitados especialistas analistas de rations e diferenciais, afirmam com segurança que o cacau brasileiro atualmente é o mais oneroso do mundo para ser processado. Atualmente +US $550 /ton.

NY encerrou a semana a US $1,920 / ton e variou no período entre US $1,873 e 1,949 / ton

Restabelecida a calmaria na cidade de Buake, segunda maior cidade da Costa do Marfim, onde um grupo de soldados atacou uma unidade militar e realizaram saques na administração do estabelecimento. Segundo membros do governo o fato não está ligado a sentimentos políticos partidários e sim a reivindicações eventuais da classe. 

As chuvas vieram mais uma vez e ampliaram as previsões de consolidação de uma boa safra no Brasil. Nas diversas regiões da Bahia os indicies pluviométricos referente aos ultimos sete dias, ultrapassaram a casa dos 50mm.  Fortes precipitações também ocorreram nas regiões amazônicas. Técnicos e analistas de safras comentaram com animação, sobre a regularidade climática e excelente bilração que já pode ser visualizada para nova safra temporã. Finalmente parecem renascer as perspectivas para realização de uma colheita avantajada.  

Bahia: Preços pagos ao produtor na semana oscilaram entre R$109,00 / R$112,00

Informações: mercadodocacau.com

Deixe seu Comentário em RESUMO DA SEMANA DE 08 a 12/01/18:

Sua participação é muito importante para nós!

Análises de Mercado Relacionadas

  • 02 SET

Mesmos sofrendo pressões especulativas por liquidações, as bolsas resistem e buscam recuperaração. Depois de uma recuperação expressiva desde os meados de...

  • 27 JUL

Cenário positivo de abastecimento faz desabar simultaneamente bolsas e diferenciais internos. Coincidentemente as entradas internas e nas outras origens ao...

  • 20 JUL

Apesar dos números surpreendentes nas moagens mercado permanece em incertezas. Os excelentes resultados das moagens mundiais não tiveram força para...

  • 13 JUL

Diferenciais internos despencam 180% em 45 dias e preços pagos ao produtor recuaram no Brasil. Ainda em estado de choque,...

Últimas Atualizações

Últimas Atualizações

Destaques

Destaques