Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

RESUMO DA SEMANA DE 21 a 25/05/18

Confirmando a tendência NY perde 4,8% na semana e poderá seguir em movimentos de ajustes.

Conforme previsto, as bolsas responderam ao comando de ajuste de arbitragem entre Londres e NY. Normalmente Londres opera com leves indicies a frente e ultimamente verificou-se uma extensa inversão, chegando a mais de mais de Us$300 a favor de NY. A Bolha especulativa desencadeada nos últimos meses projetou investidores ao limite record de compras short registrado desde 2014. A queda que vinha sendo prospectada aconteceu também motivada por notícias de uma melhora acentuada nas chegadas de cacau nos portos africanos. A Costa do Marfim, principal produtor de amêndoas do mundo entregou entre outubro/17 e maio/18,  cerca de  1.63 mi de toneladas contra 1,33 mi tons no mesmo período anterior, conforme informações da bloomberg. Os números divulgados traduziram a possibilidade do numero de safra atual não apresentar-se em níveis muito inferiores ao da anterior, segundo previsto. Outra informação relevante no mercado refere-se a uma provável estabilidade de consumo. Os rations dos derivados estão mostrando uma redução gradual, principalmente na Europa onde se registra o maior consumo de produtos do mundo. o produto que mais se ajusta é a manteiga de cacau. Cotada a 3,2 no inicio do ano já pode ser comprada a 2,8 em algumas origens.

NY ice Julho oscilou entre Us $2,687 e Us $2,557 e encerrou a Us $2,561 / ton

O Clima permanece mantendo as condições de desenvolvimento da boa safra na Bahia. As entradas na semana foram comprometidas com a greve dos caminhoneiros, deixando as indústrias processadoras ainda mais desabastecidas de cacau brasileiro. Mesmo que esse quadro permaneça, os diferenciais já estão sendo lentamente reduzidos, podendo vir a níveis inferiores aos atuais praticados nas próximas semanas.

No Pará a colheita da safra temporã estará se intensificando nos próximos dias. Dentro de mais algumas semanas podemos verificar uma elevação significativa no fluxo de amêndoas destinadas para as indústrias processadoras na Bahia. Embora haja registros de focos de fungos, como podridão parda e vassoura-de-bruxa, o numero de safra não será afetada por estar apresentando um grande volume de frutificação. Comenta-se ser essa a maior safra dos últimos cinco anos no estado.  

O segmento de chocolates bean to bar brasileiro segue em velocidade. Durante o período foi apresentado pela marca ESPÍRITO CACAU no ES o chocolate zero: açúcar, glúten e lactose. O lançamento visa promover ao consumidor final a experiência de ingerir um produto elaborado com extrema qualidade e atributos saudáveis, conforme tendência global de alimentos.

Com mais de 50 marcas no Brasil o segmento do cacau ao chocolate aponta cada vez mais para horizontes de êxito e susesso.

Na Bahia os preços pagos ao produtor em arrobas oscilaram entre R$167,00 e R$180,00

Adilson Reis   -   mercadodocacau.com

Deixe seu Comentário em RESUMO DA SEMANA DE 21 a 25/05/18:

Sua participação é muito importante para nós!

Análises de Mercado Relacionadas

  • 27 JUL

Cenário positivo de abastecimento faz desabar simultaneamente bolsas e diferenciais internos. Coincidentemente as entradas internas e nas outras origens ao...

  • 20 JUL

Apesar dos números surpreendentes nas moagens mercado permanece em incertezas. Os excelentes resultados das moagens mundiais não tiveram força para...

  • 13 JUL

Diferenciais internos despencam 180% em 45 dias e preços pagos ao produtor recuaram no Brasil. Ainda em estado de choque,...

Últimas Atualizações

Últimas Atualizações

Destaques

Destaques