Chocolate, flores e joias mostram potencial econômico do Pará - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Chocolate, flores e joias mostram potencial econômico do Pará

Chocolate, flores e joias mostram potencial econômico do Pará

O 6º Festival Internacional do Chocolate e o Flor Pará vão reunir a partir desta quinta-feira (19), até domingo (22), toda a cadeia produtiva do cacau, flores e joias paraenses, que inclui produtores artesanais, cooperados, fabricantes de chocolate fino, designers e floricultores.

Os dois eventos são uma realização do Governo do Pará, e foram anunciados na manhã desta quarta-feira (18), em coletiva no Espaço São José Liberto, em Belém, pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Hugo Suenaga, e pela coordenadora de Mercado da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Luciana Centeno.

Mais de 100 expositores do Pará e de outras regiões do Brasil, e até da América Latina, vão expor seus principais produtos, com destaque para amêndoas de cacau e chocolates de alta qualidade, arranjos de flores tropicais e peças únicas com gemas minerais encontradas em território paraense.

Exemplo - Com apenas 19 anos, Pedro Melo Cruz representou, na entrevista coletiva, o grupo de produtores e expositores paraenses nesta edição 2019 do Festival. Pedro integra a empresa familiar paraense “Da Cruz Chocolates”, que há dois anos funciona na Rua Santa Maria, no município de Ananindeua (Região Metropolitana de Belém). O pai é responsável pela produção do chocolate; a mãe administra a empresa, e Pedro cuida das vendas.

“Estamos bem animados e vamos levar produtos novos para o Festival’’, adiantou Pedro Cruz, acrescentando que “trabalhamos com quatro percentuais de cacau, de 50%, 60%, 70% e 80%. Esses quatro produtos só têm dois ingredientes, cacau e açúcar demerara (produzido por processo natural, o que mantém intactas suas qualidades). As pessoas que têm restrições a açúcar, leite e sódio, por exemplo, podem consumir o nosso chocolate porque eles não têm esses ingredientes", assegurou o empreendedor.

A família Cruz é um exemplo de dezenas de empreendedores e empresários estabelecidos no Pará que visam ao crescimento e à geração de emprego e renda, entre os setores econômicos participantes dos eventos no Hangar. E eles garantem novidades para o público que for conferir a produção paraense.

Visibilidade - De acordo com os organizadores, o 6º Festival Internacional do Cacau e Chocolate tem o propósito de abrir mercado para os produtos genuinamente paraenses e dar visibilidade às marcas locais, a fim de que o público paraense conheça e compreenda a importância de um produto como o cacau, um fruto que preserva o meio ambiente e protagoniza um projeto social importante, na medida que desenvolve a economia local a partir de cooperativas e associações de produtores rurais, como já ocorre no município de Medicilândia, na região de influência da Rodovia Transamazônica (BR-230), considerado o maior produtor de amêndoas do Brasil.

O 6º Festival Internacional do Cacau e Chocolate e a 18ª Exposição Flor Pará são uma iniciativa do Governo do Pará, em parceria com a marca Chocolat Festival, por meio da Sedap, Sedeme e de outros órgãos estaduais, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Pará). Fonte: Agencia Para

Deixe seu comentário para Chocolate, flores e joias mostram potencial econômico do Pará

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE POST! Deixe agora o Seu Comentário :)
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas

Publicidade

Vídeos

Vídeos