Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Experiências sensoriais atraem turistas de todas as idades no Salon du Chocolat, em Paris

Experiências sensoriais atraem turistas de todas as idades no Salon du Chocolat, em Paris

Quem visitou o Salon du Chocolat, maior evento do segmento, que ocorreu em Paris até o último domingo, 4 de novembro, encontrou muito mais do que estandes de produtos e matérias-primas. O evento ofereceu uma série de atrações e vivências que encantaram o público em torno do cacau e do chocolate, como cook shows, desfiles de vestidos de chocolate, oficinas, concursos de esculturas e de chefs chocolatiers, e até mesmo uma casa feita de chocolate. Atrações para a família toda e para todas as idades, mostrando o quanto esse produto, tão amado pelo mundo inteiro, gera de curiosidade e tem de potencial para fomentar o turismo de experiência.
Se o público ficou encantado em meio ao movimento de uma feira, dá pra imaginar o quanto é atrativo participar de uma experiência ainda mais profunda e sensorial, visitando uma fazenda de cacau e vivenciando todo o processo de produção do chocolate, desde a plantação até a produção artesanal e criativa dos chocolates de origem brasileiros.
É com esse enfoque que foi recém inaugurada a rota turística Estrada do Chocolate, dentro do projeto Rotas do Cacau, ligando os municípios de Ilhéus e Uruçuca, no sul da Bahia, onde se encontram dezenas de fazendas produtoras de cacau, indústrias de chocolate, moageiras, centros de pesquisa, além de casarões centenários, lugares que oferecem pratos típicos da região e claro, muito chocolate.
Resultado de iniciativa do trade turístico empresarial regional, com investimentos do Governo do Estado da Bahia através da Secretaria de Turismo, que também apoia a participação brasileira no Salon du Chocolat, a Estrada do Chocolate exibe uma paisagem exuberante no melhor estilo rural das origens do Brasil, e é lá que os produtores e fabricantes estão abrindo suas portas com a típica hospitalidade da região e oferecendo aos turistas experiências imersivas na cultura local, com vivências que vão desde o plantio do cacau fino brasileiro, no interior da Mata Atlântica, passando pelo beneficiamento das amêndoas, até o processo de transformação em chocolate, com a arte e a criatividade dos mestres chocolateiros.
Empresário e diretor da Secretaria de Turismo do município de Ilhéus, Gérson Marques, da Fazenda Yrerê, que fica na rodovia Jorge Amado, uma das Rotas do Cacau, conta que oferece aos visitantes uma vivência única, “provocamos e estimulamos os sentidos, através da visão, paladar, olfato e audição em uma viagem diferente, uma experiência que vale para a vida. São belas paisagens, flores e plantas lindas, uma tradicional culinária tipicamente rural e regional, ao som dos sabiás e canários da terra”.

Destino Internacional
Em fase de estruturação, a Rota está ganhando cada vez mais adeptos e se credencia a ser um destino internacional brasileiro, requerendo para isso, o esforço de promoção que o chocolate de origem e o cacau fino brasileiros têm recebido nos últimos anos participando da maior feira mundial do segmento, dentre outros eventos nacionais e internacionais.
Para José Alves, Secretário de Turismo do Estado da Bahia, “a Europa valoriza o turismo de experiência, bem como aspectos relacionados à preservação do meio ambiente e culturas étnicas, e isso a Bahia e, em especial, o sul da Bahia tem em abundância, justificando, portanto, as ações promocionais que associam a produção ao turismo e valorizam as fazendas, as belezas naturais, os empreendimentos temáticos e os pequenos negócios de agricultores familiares, com cacau, chocolate, artesanato e outros produtos que movimentam a cadeia do turismo. Consideramos que ações como essa, a participação no Salon du Chocolat, aumentará quantitativa e qualitativamente o fluxo de visitantes para o Brasil e investidores para o Estado”.
O Brasil, combinando natureza, preservação ambiental, cultura como a de Jorge Amado, a história do descobrimento e a Amazônia - berço do cacau, representa o destino turístico com maior potencial internacional para viver a "experiência do cacau ao chocolate", numa imersão às origens desse produto consumido e adorado no mundo inteiro, e da sua matéria-prima, de valor nutricional inigualável, considerada por alguns estudos como o alimento mais completo que existe, que tem o nome científico Theobroma cacao, que em grego significa "o alimento dos deuses".

Deixe seu comentário para Experiências sensoriais atraem turistas de todas as idades no Salon du Chocolat, em Paris

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE POST! Deixe agora o Seu Comentário :)
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas

Alta no custo dos insumos e demanda menor do que a esperada fazem com que PIB do agronegócio recue até...

Publicidade

Vídeos

Vídeos