Hora de fazer bons negócios com o chocolate - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Hora de fazer bons negócios com o chocolate

Hora de fazer bons negócios com o chocolate

A Páscoa, tão esperada data que tem os chocolates como foco de vendas, ainda está um pouco longe. Mas este é o período em que os empreendedores devem planejar vendas, estratégias, produtos, entre outros pontos. A Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB) informa que serão lançados 150 novos produtos pelas empresas associadas a ela.

A Chocolates Brasil Cacau é uma opção de franquia para investir no ramo. O franqueado é isento da taxa de marketing durante o primeiro ano. Depois é seguida a tabela que estipula o pagamento de R$ 3 mil anual para aqueles que faturarem até R$ 500 mil e, aos que ganham acima de R$ 500 mil, é cobradas taxa de R$ 5 mil anual.

Quem decidiu entrar na franquia Chocolates Brasil Cacau foi a consultora de marketing Priscila Pinheiro, dona de três estabelecimentos da rede - um em Maracanaú, um no shopping Via Sul e outro no shopping Aldeota.

 

“Fiz Publicidade e Propaganda e na metade do curso, com 19 anos, montei uma agência com alguns sócios, mas acabei parando aqui porque sempre tive muita vontade de trabalhar com franquia.”

 

O segredo para entrar no ramo, ela conta ser a junção do prazer com a rentabilidade. ”Estamos vendendo a melhor coisa do mundo. O esforço que fazemos é para a pessoa comprar mais”.

 

A Cacau Show é outro exemplo que aposta em inovação e planejamento na data que dá mais visibilidade para a marca. De acordo com o fundador da marca, Alexandre Costa, os preços serão reajustados em 7%.

 

Para abrir franquia da Cacau Show, atualmente, é disponibilizado três formas Para a Loja Light, direcionada para cidades pequenas é cobrado R$ 110,5 mil; a Loja Convencional, para shoppings, pontos de rua, hipermercados e galerias, o valor é R$ 135 mil; e a Loja Express, projetadas para imóveis, o custo é de R$ 90 mil.

 

Empreendimento

 

Outra que entrou no ramo foi Lia Quinderé. Em 2008, ela abriu a Sucré Patisserie, mas já havia se tornado uma empreendedora há dois anos com a cafeteria Carpe Diem. “Comecei a colocar bombons de chocolate na vitrine e as noivas que andavam na loja começaram a pedir, foi ai que comecei a investir.”

 

Pontos que requerem atenção do empreendedor

 

1 A demanda tende ao aumento. É necessário um planejamento para render maior produção.

 

 

2 A quantidade de funcionários pode não suprir os pedidos. É aconselhável que a loja empregue mais pessoas.

 

 

3 Ampliar o horário de atendimento também é importante.

 

 

4 O armazenamento dos produtos requer um boa estrutura de espaço.

 

5 Em caso de franquias, existe padronização de entregas, quantidade de produtos, apresentação dos itens, etc. Pensar estratégias de vendas e manutenção é um passo importante.Fonte: O Povo

Deixe seu comentário para Hora de fazer bons negócios com o chocolate

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE POST! Deixe agora o Seu Comentário :)
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas

Publicidade

Vídeos

Vídeos