Novos membros da Comissão de Produção Orgânica da Bahia tomam posse - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Novos membros da Comissão de Produção Orgânica da Bahia tomam posse

Novos membros da Comissão de Produção Orgânica da Bahia tomam posse
  • 01
  • ★★★★★

A Comissão de Produção Orgânica da Bahia (CPOrg-BA) empossou os novos membros da comissão, eleitos internamente para o biênio 2018-2020. A cerimônia aconteceu durante a assembleia deliberativa, no Hotel Marazul, em Salvador. Os engenheiros agrônomos Thiago Guedes e Eliomar Faleta serão coordenador e vice da CPOrg-BA, respectivamente. A solenidade contou com a presença da Superintendência do Ministério de Agricultura Pecuária e Abastecimento e das instituições representativas da Comissão.

As CPOrg são fóruns compostos por representantes de segmentos da rede de produção orgânica dos estados e do Distrito Federal, de forma paritária, por entidades governamentais e não governamentais. A nova composição tem representantes de 28 instituições, dentre elas, a Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia (SDR), Bahiater, CAR, Inema, Incra, Embrapa, IF Baiano, UFRB, Banco do Nordeste, Sebrae, Instituto Cabruca, Rede Povos da Mata, ABC Orgânico, Cediter, Cealnor, SindNut, Ceplac, Adab, Senar e VigSan.

Prioridades – Após a posse, o coordenador Thiago Guedes, apresentou o plano de trabalho da comissão par os próximos dois anos e o projeto de viabilização das estratégias traçadas. Ressaltou ainda as atribuições da comissão, ideias e diretrizes que irão nortear a nova gestão em exercício, e descreveu o cenário da produção orgânica no estado da Bahia, desafios e oportunidades para o setor. Na sua visão, esse cenário norteará os trabalhos para melhor promoção e desenvolvimento do setor no estado.

“Vamos fortalecer a produção orgânica na Bahia e para isso, pretendemos intensificar processos de comunicação e divulgação da alimentação saudável e da produção sustentável. Além disso, queremos avançar nos diálogos com o setor empresarial, profissionais da gastronomia, fortalecer a importância e buscar apoio a fim de proporcionar as condições necessárias para protagonizar a agricultura familiar na oferta dos alimentos orgânicos”, explicou Thiago.

Guedes acrescentou ainda sua pretensão em fortalecer as redes e alianças produtivas, organizar a oferta de alimentos e promover o link entre consumidor e produtor. Na sua avaliação, “o principal desafio urgente seja a formalizar e a certificar como orgânico, todos os agricultores orgânicos da Bahia. A comissão estuda novas possibilidades de construção de aplicativos mobile que poderão facilitar os processos de gestão e comercialização”.

Cenário viável – O engenheiro agrônomo e astrólogo, Luiz Rebellato, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) Nacional, apresentou resultados de sua pesquisa com Produtores Orgânicos em 2018. O estudo aponta expansão da agricultura orgânica com aspectos economicamente viáveis. Rebellato demonstrou resultados que apontam tendências dos fatores que limitam e impulsionam a produção orgânica.

De acordo com a agenda institucional, está previsto para 2019, a realização do IV Seminário de Produção Orgânica da Bahia, que acontecerá em Salvador, entre os dias 28 e 30 de maio, quando ocorre a semana da Produção Orgânica no Brasil. Os organizadores acreditam no consenso da comissão para a realização do I Congresso Nordestino de Produção Orgânica que deve acontecer em 2020, também em Salvador.

Deixe seu comentário para Novos membros da Comissão de Produção Orgânica da Bahia tomam posse

Já temos 1 Comentário(s)! Deixe o Seu :)

Resposta de Marcio Alves Cavalcanti

favor mandar p meu email, ficha de inscricao p semana de organico - seminario de producao organica na bahia.

★★★★★ Em 13-05-2019 às 17-57h Responder 5
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas

Publicidade

Vídeos

Vídeos