Para o dono da Cacau Show, pandemia ajudou a entender o quanto a marca é querida - Mercado do Cacau
Aguarde! Carregando...
X

Mercado do Cacau

Para o dono da Cacau Show, pandemia ajudou a entender o quanto a marca é querida

Para o dono da Cacau Show, pandemia ajudou a entender o quanto a marca é querida

Foi a partir de um pedido de ovos de páscoa que o empresário Alexandre Costa, fundador da Cacau Show, entrou no mundo dos chocolates. Ele, assim como muitos donos de empresa, precisaram se reinventar diante da crise causada pela pandemia de Covid-19 para manter seus negócios saudáveis. Chamado por todos de “Ale”, o executivo participou nesta manhã (29 de julho) de uma live promovida pela Mercado&Consumo.

A Cacau Show conta hoje com 2.320 lojas, 12 mil colaboradores entre escritório, fábricas, franqueados e lojas (são 230 lojas próprias) e 32 anos de atuação. Segundo o executivo, a pandemia ajudou a empresa a entender o quanto a marca é querida pelo consumidor. “Vimos lojas operando no delivery terem suas portas levantadas por clientes que queriam comprar nossos produtos. Foi impressionante”, disse Costa.

As vendas do e-commerce representavam 5% do total das vendas até 2019 e neste ano devem saltar para 10% superando R$ 100 bilhões de reais. No caso da Cacau Show saltou de 1% para 10% tendo anteriormente 200 pedidos por dia e na semana da Páscoa atingiram 60 mil pedidos por dia. Apesar deste fato as lojas não irão acabar, mas terão que ser resinificadas. “Tudo que sempre foi falado de futuro na NRF está acontecendo e tivemos que fazer planos saírem do papel em semanas e até dias”, contou.

Questionado sobre o setor de foodservice, Ale Costa disse que o foco da Cacau Show tem sido atender o consumidor final através do franqueado e também das consultoras. Ele contou que as linhas de produtos institucionais, como a La Creme e o Bendito Cacao, são disponibilizadas para restaurante e empresas, mas, segindo ele, mesmo sendo um segmento importante, mas não é maior que 5% do negócio da marca.

Sobre os “próximos grandes sonhos”, Alexandre disse que o cacau ainda é um produto inexplorado, por isso a empresa explorado muito em P&D. Para ele, o processo de levar conhecimento ao consumidor de forma lúdica é muito motivador e revelou que grandes surpresas estão por vir.

Para o CEO da maior rede de franquias de chocolate do Brasil, ficar na zona de conforto não cria nada de grandioso. “Temos que sonhar grande e ter responsabilidade na execução para construir uma visão de futuro audaciosa e consistente” e completou: “O que muda a realidade dura que estamos vivendo como sempre é a nossa Atitude. Arregaçamos a manga este ano novamente e fizemos acontecer do dia para a noite. Ficamos, portanto, mais fortes.”

DOAÇÕES EM MEIO À CRISE

Nas vésperas do feriado de Páscoa, em meio ao prejuízo global gerado pela pandemia, o empresário anunciou a doação de 1 milhão de ovos de Páscoa. A quantidade de ovos, que representava cerca de R$ 30 milhões, foram direcionadas para ONGs, comunidades vulneráveis, hospitais e empresas de serviços essenciais.

Além dos ovos de Páscoa, a empresa, junto com seus franqueados em todo o Brasil, doou cerca de R$ 1,4 milhão em chocolates de todas as linhas da marca para as instituições de saúde. Também realizou a doação de R$ 1 milhão para o estado de São Paulo para compra de respiradores.

* Imagem reprodução

Deixe seu comentário para Para o dono da Cacau Show, pandemia ajudou a entender o quanto a marca é querida

SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR ESTE POST! Deixe agora o Seu Comentário :)
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]
Notícias Relacionadas

Publicidade

Vídeos

Vídeos